Repasse de recursos para projetos de pesquisas selecionados pela Fapemig deve ocorrer em agosto

Publicado em: 13/08/2020

Centenas de peixes já foram coletados e analisados por pesquisadores no Território

Na última semana, a Fundação Renova respondeu ofício da Câmara Técnica de Conservação e Biodiversidade (CT Bio) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), trazendo informações sobre o andamento das ações referentes à seleção de projetos de pesquisa por meio de Chamada Pública 10/2019 da Fapemig (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais).

A Fundação Renova informou que a etapa de construção e aprovação dos Termos de Outorga – TO (instrumento para formalizar o repasse de recursos para os projetos de pesquisa aprovados pela Chamada Pública 10/2019), está em fase de conclusão, restando a aprovação da diretoria da Fapemig. De acordo com a Renova, a inserção dos TO’s no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) da Fapemig deve ocorrer até o dia 31 de agosto.

As instituições selecionadas para desenvolverem as pesquisas irão propor soluções para a recuperação socioeconômica e socioambiental das áreas atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão (Samarco).

Estudo da ictiofauna realizado pela UFV

Sobre a apresentação do cronograma detalhado do "Estudo da ictiofauna da bacia do rio Doce", conduzido pela Universidade Federal de Viçosa – UFV, a Fundação Renova informou que, dos 40 pontos inseridos no Plano de Trabalho para estação chuvosa, foi possível realizar a coleta em 31, devido a interrupção dos trabalhos no período de pandemia causada pela Covid-19.

A UFV pretende retomar os trabalhos ainda em agosto. As próximas coletas ocorrerão no período seco e, prioritariamente, nos 31 pontos onde já houve a coleta no período chuvoso. Tanto o relatório parcial com os resultados preliminares da campanha chuvosa, quanto os demais, serão entregues até 31 de agosto, juntamente com o novo cronograma do projeto que passará por revisão.



Compartilhe: