Curso de Biodigital e Plantas Medicinais

Publicado em: 08/07/2019

O Centro Alternativo de Formação Popular Rosa Fortini realizou, no dia 6 de julho, em Muriaé, o primeiro módulo do curso Biodigital e Plantas Medicinais. O objetivo foi partilhar saberes tradicionais e estimular a prática da fitoterapia e da radiestesia de modo racional e seguro.
 
O curso, ministrado pelos cientistas da Homeotapia e Plantas Medicinais, Elsa Antonietto, Sandra Regina e José  Carlos Pedrosa (tesoureiro  do Centro Rosa Fortini), contou com a presença de 27 participantes, entre eles, lideranças comunitárias, trabalhadores rurais e estudantes. A técnica tem como base o fenômeno do enfraquecimento muscular provocado pela ressonância entre duas substâncias idênticas. 
 
O teste deve ser realizado em ambiente isento de radiações eletromagnéticas, como fios, monitores, celulares e afins. Tanto o paciente como os examinadores não devem utilizar objetos de metal como relógios, ornamentos, dentre outros. No teste direto, o paciente toca diferentes regiões do corpo. Ao mesmo tempo, o examinador testa a força muscular dos seus dedos em formação de anel.
 
Aplicações:
1- Recurso propedêutico (prévio) para a localização de áreas patológicas na superfície do corpo do paciente.
2- Permite a investigação clínica com a utilização de substâncias bioquímicas, tecidos histológicos, anticorpos de vírus e bactérias, marcadores tumorais, amostras de metais pesados, dentre outros.
3- Recurso prático na seleção qualitativa e quantitativa de medicamentos, o sinergismo ou antagonismo entre duas substâncias, identificação de substâncias alergênicas, dentre outras.
4- Recurso prático de localização de pontos de acupuntura.
 
Vantagens: 
1. Método não invasivo e indolor,
2. Método isento de efeitos colaterais,
3. Não utiliza equipamentos sofisticados ou caros, requer apenas o treinamento adequado da equipe médica,
4. Detecção precoce de tumores, antes mesmo do surgimento de manifestações clínicas,
5. Detecção precisa de áreas doentes no corpo,
6. Teste de medicamentos em relação à sua eficácia, dosagem, compatibilidade em associações e efeitos colaterais,
7. Diagnóstico dos agentes etiológicos envolvidos em doenças. 
 
 
Origem
A primeira descrição do método foi publicada pelo Dr. Omura em 1981. A patente do método foi requerida em 1983, tendo sido concedida em 1991, e em 1993 o resumo da patente foi publicado oficialmente, sendo reconhecido como propriedade intelectual universal. A prática do Biodigital revelou-nos alguns aspectos interessantes, que modificam vários paradigmas da Medicina, como a presença de vírus, bactérias e metais pesados em áreas de doenças crônicas, como dores de causa indefinida e o câncer. A técnica é considerada por muitos como a ponte entre as medicinas Oriental e Ocidental.
 
 
 



Compartilhe: