Aecom inicia vistoria das casas de Santana do Deserto

Publicado em: 24/09/2020

Dona Raimunda, com sua neta Vitória, antes da vistoria. Ela aguarda ansiosa a reforma de sua casa para retornar para Santana do Deserto - Foto: Luiza Vitral

Após atividades de campo realizadas na última semana, a Aecom, perita da 12ª Vara de Justiça Federal, iniciou, no dia 21 de setembro, os serviços de vistorias técnicas nas casas de Santana do Deserto. Os trabalhos de perícia também ocorrerão em casas na sede de Rio Doce e em comunidades de Santa Cruz do Escalvado (Barra do Piranga; Jerônimo; Merengo; Novo Soberbo; Pedra do Escalvado; Porto Plácido; Viana). Todas as casas apresentaram danos com o aumento do trânsito de máquinas e caminhões pesados nas comunidades.

Em Santana do Deserto, seis famílias estão em moradias provisórias há pelo menos 10 meses. Devido às diversas vistorias já realizadas nos imóveis da comunidade, sem continuidade dos trabalhos e sem retorno de informações por parte da Fundação Renova, os moradores de Santana do Deserto demonstraram descrédito em relação à Fundação e desgaste por terem que descrever várias vezes a mesma situação.

As perícias estão sendo realizadas por equipe da Aecom (composta por três profissionais: um arquiteto, um engenheiro e um profissional da área de Diálogo), e acompanhadas por auditores das mineradoras (Ética Serviços de Engenharia Ltda. e Vaz de Mello), da Fundação Renova e do Centro Rosa Fortini (Marina Lima- engenheira ambiental; Mariele de Carvalho- técnica em edificações; Acácia Cruz Santos- assistente social; Luíza Vitral- psicóloga). O agendamento das visitas é feito pela Aecom diretamente com os moradores. Todos os protocolos de prevenção contra a Covid-19 estão sendo respeitados pelos profissionais.



Compartilhe: