Realidade do Território será apresentada em Mostra Cultural

Publicado em: 26/09/2019

Estudantes dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental da Escola Municipal Luiz Martins Soares Sobrinho, de Ponte Nova, estiveram no escritório central do Centro Alternativo de Formação Popular Rosa Fortini, na última sexta-feira, dia 20, para conhecerem o histórico de luta dos atingidos após rompimento da barragem de Fundão, pertencente à mineradora Samarco.
 
Os estudantes participaram de um bate-papo com a Assessoria de Comunicação do Centro Rosa Fortini, momento em que esclareceram suas dúvidas sobre a atual situação do Território. Em seguida, assistiram a um vídeo que aborda a importância dos rios Doce e do Carmo para as comunidades locais. Por fim, analisaram várias fotografias que ilustram o modo de vida das comunidades antes e depois do rompimento da barragem.  
 
Os visitantes estavam acompanhados dos professores: Edson de Carvalho, Rosimeire Pereira e Jussara Nunes. A visita faz parte das atividades de pesquisa para a elaboração do Projeto “Lama no Rio Doce: impactos na vida, na economia e na natureza”, que proporcionará à comunidade escolar e à população de Ponte Nova uma reflexão sobre os prejuízos socioambientais causados pelo rompimento desta barragem para a região.
 
O Projeto integrará a Mostra Cultural da Escola Municipal Luiz Martins Soares Sobrinho, que ocorrerá no dia 5 de outubro, às 8h30. No dia 19 de outubro, a Escola apresentará o Projeto em feira da Secretaria Municipal de Educação, na Praça de Palmeiras, durante o período da manhã.
 



Compartilhe: