Atingidos recebem Ouvidor Geral no Território

Publicado em: 14/02/2020

Pedro Strozenberg (ouvidor geral recém contratado pela Fundação Renova)

Membros das Comissões de Atingidos do Território (Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado/Chopotó) e assessores técnicos do Centro Alternativo de Formação Popular Rosa Fortini, reuniram-se, no último dia 06, com o ouvidor geral recém contratado pela Fundação Renova. Pedro Strozenberg conheceu a realidade local, o histórico desde a época do rompimento e ouviu dos próprios atingidos casos de violações de direitos.

O ouvidor conversou com membros da Comissão de Atingidos de Santa Cruz do Escalvado/Chopotó, no período da manhã. À tarde, foi até a comunidade de Santana do Deserto, onde ouviu relatos dos atingidos acerca dos impactos/danos causados à população em decorrência das obras na UHE Risoleta Neves (Candonga) e na Fazenda Floresta, além de reclamações sobre a morosidade da Fundação Renova no processo de reparação. Ele visitou um imóvel com danos na infraestrutura, cuja família aguarda reforma pela Renova há meses. No período da noite, o ouvidor esteve com membros da Comissão de Atingidos de Rio Doce.

Com mandato de quatro anos, podendo ser reconduzido por igual período, Pedro passou por processo seletivo e contou a com anuência do Ministério Público Federal, da Defensoria Pública, do Comitê Interfederativo (CIF) e das assessorias técnicas formalmente constituídas.

A contratação do ouvidor geral é uma determinação do TAC Governança, termo que criou instâncias para assegurar a efetiva participação dos atingidos no sistema de governança. Entre as atribuições do cargo está a articulação com os interessados de modo a dar celeridade às respostas para os diferentes níveis e instâncias da governança e à sociedade em geral.

 



Compartilhe: